O conceito do Humor pela soma de Cor

Sabe aqueles dias em que você acorda com vontade de “distribuir sorrisos amarelos”? Pois bem, hoje nós vamos ver como alterar o conceito de um trabalho utilizando adição e subtração de luminosidade . Comece procurando dentre o seu acervo uma imagem que tenha um conceito “leve”*(pode ser uma planta por exemplo), para ilustrar o exemplo primário de hoje escolhi a imagem abaixo:

Agora procure rapidamente interpretar o conceito primário do qual a imagem exemplo é portadora, acredito que o mesmo diz que o objeto presente está vivo*(a planta não esta morta) , mas o que acontece quando nós decidimos decretar o oposto? Não é uma tarefa complicada bastando subtrair luminosidade =], vamos ver o processo na prática:

O primeiro passo é colocar a imagem em escala de cinzas, copiar o resultado (isso mesmo, dar o bom e velho “CTRL+C”) e depois desfazer o procedimento utilizando o milagroso comando “Desfazer” (“CTRL+Z” ), para em seguida colarmos o que copiamos a pouco em forma de nova camada sobre a imagem original. As imagens abaixo ilustram o que foi dito:

Transformando a imagem em tons de cinza:

Imagem já convertida em escala de cinzas pronta para ser copiada:

Camada já colada sobre a imagem original:

Muito bem, a nossa pequena mágica acontece quando nós aplicamos um efeito de camada subtrativo sobre a camada portadora da imagem em escala de cinzas =]. O efeito de camada padrão para este tipo de procedimento é o efeito de camada “multiplicar”, as imagens abaixo ilustram esse procedimento:

Menu dos efeitos de camada com o efeito desejado já selecionado:

Efeito em ação:

Veja como esta simples ação mudou de forma significativa o conceito da imagem.

Agora digamos que o mau humor seja realmente avassalador e que o desejo seja realmente gelar os sentimentos internos do conceito, para que isso seja feito basta que dois tons de cor sejam preservados descartando os demais da imagem, adicionando também ao trabalho uma pequena quantidade a mais de luminosidade. Para executar o que foi proposto com rapidez, vamos utilizar o nosso velho conhecido filtro “Mapeamento Alien” no seu modo de operação “HSL”, os ajustes de frequencia e fase de luminosidade ficam entre 0.45 e 0.60 dependendo do grau de “gelo” que desejamos obter e também das caracteristicas do bitmap no qual estamos trabalhando. As imagens abaixo ilustram o que foi dito:

IPC: Caso você não conheça este filtro, sugiro que você leia o documento “Um pouco de Luz, Cor e o Gimp”  do qual também sou o autor, para que você possa utilizar este filtro de maneira eficiente.

Caso alguém tenha esquecido o caminho até o filtro =]:

Os ajustes de cor ficam a seu critério, não há problema em utilizar cor quente caso você saiba o que está fazendo:

e voilá!

Agora você já sabe como transformar o conceito primário de qualquer trabalho utilizando apenas adição e subtração de luz. Vejo vocês no nosso próximo assunto!

2 Respostas to “O conceito do Humor pela soma de Cor”

  1. Gelly Rodrigues Says:

    Excelente tutorial. Já fiz meu exercício e pude aprender coisas novas.
    Obrigada pelas dicas!

  2. Gostei muito deste seu artigo achei bem interessante estou começnado a mexer com o gimp e estou adorando obrigada pelas dicas sempre estou lendo esses tipos de artigos acho que ajuda bastante ao realizar um trabalho com as imagens um grande abraço.

    Beta Gimp

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: