Olhei pro meu Despertador e pensei…

Caros,

Acredito que seja o momento de ampliar o nível de complexidade das nossas tarefas em razão dos bons resultados demonstrados por aqueles que me procuram para tirar dúvidas ou simplesmente para mostrar as suas criações, mas isto não significa que irei abandonar aqueles que estão ingressando no universo da computação gráfica, para estes vou continuar escrevendo porém conteúdo sim mas não com freqüência.

Hoje vamos homenagear o “Jack Bauer” de “24 Horas” aprendendo a criar números como os que vemos nos relógios digitais =]

Comecemos criando dentro do Inkscape um retângulo de cantos arredondados que preencha de maneira eqüidistante as extremidades do formato padrão de marcação visto na imagem abaixo, as imagens abaixo ilustram esse processo:

Primeiro selecione a ferramenta de desenho retangular:

Clique e arraste esculpindo o retângulo até que o mesmo fique do tamanho da marcação padrão :

Aqui já temos o retângulo criado segundo a diretriz acima:

Para arredondar os cantos basta mover a pequena esfera que aparece enquanto se cria o retângulo com sua ferramenta chave ou mesmo quando se edita sua area vetorial, apenas tome cuidado para não arredondar por demais os cantos pois isto poderá afetar o resultado final.

Aqui já temos o nosso retângulo concluído bastando agora selecionar a ferramenta de movimentação de objetos para apreciar o resultado:

Feito isso, abaixo temos o nosso retângulo pronto para se transformar em um “digito universal” :

Continuemos agora preparando o terreno para o restante do nosso trabalho, para tanto reduza em torno de 45% a opacidade do retângulo criado e em seguida aperte as teclas “shift” e “#” do seu teclado simultaneamente a fim de que a grade seja exibida. Ela tornará o nosso trabalho muito mais preciso nos momentos a seguir:

Com a grade já esposta vamos agora tornar os seus quadrados internos maiores para facilitar o nosso trabalho uma vez que ela será nosso ponto de apoio por enquanto.

Para isto basta navegarmos até o menu de propriedades do desenho cujo caminho pode ser visto abaixo:

Uma vez ativado o menu de propriedades do desenho, somos apresentados a uma interface repleta de abas, sendo que a única que nos interessa para o momento é aba denominada “Grades”, a mesma tem esse nome porque podemos adicionar quantas grades julgarmos necessárias a um mesmo trabalho =].

Criação: tal caixa de valoração determina o tipo de grade a ser criada, porém isso não se aplica ao nosso caso uma vez que já temos uma grade pronta e ela é suficiente para o que iremos fazer.

O botão denominado “GridNovo” cria uma nova grade com os parâmetros solicitados, porém o mesmo também não se enquadra no nosso caso aqui.

Abaixo destes ajustes localizam-se os parâmetros de configuração das grades já criadas, no nosso caso temos apenas uma cujos parâmetros devem permanecer intocados, exceto o denominado “Linha de grade maior a cada “x” linhas cuja valoração deve ser entre 20 e 30 dependendo do seu monitor ou preferência de organização espacial.

Feito isso, crie agora outro pequeno retângulo de outra cor mas não com os cantos arredondados:

Por padrão o novo retangulo criado terá os cantos arredondados em razão do salvamento das caracteristicas do criado anteriormente sendo então necessário fazer um pequeno ajuste de modo que o mesmo fique com as bordas retas novamente:

Agora de um Zoom no trabalho *(basta pressionar as teclas “shift” e “+”) até que a grade fique semelhante a vista abaixo, depois encaixe o novo retângulo criado de maneira que o mesmo fique equidistante da largura e altura do primeiro retângulo nas proporções da imagem abaixo:

Depois, estique o novo retângulo até que sua largura bata com a primeira que foi configurada *(lado esquerdo), uma boa maneira de fazer isso é precionando a tecla “Ctrl” pois com a mesma neste estado o ajuste de largura e altura é feito de maneira uniforme.

Feito isso, duplique o retângulo e precionando novamente a tecla “Ctrl” arraste-o para baixo de maneira que o espaço entre um e outro fique com duas linhas da gradê em espaçamento, como na figura abaixo:

Agora selecione os dois novos retângulos e Combine-os:

Feito isso estes serão “arremessados” para trás do primeiro retangulo criado, bastando clicar sobre o ícone indicado para levar a seleção novamente para frente:

Aqui temos nossos retangulos agora unidos =]:

Feito isso, restaure a opacidade dos mesmos até 100% e aplique “Diferença” sobre TODOS os retângulos que criamos, inclusive o primeiro de cor diferente:

Eis oc resultado da ação anterior, note como a area dos dois retângulos mais novos ficou branca.

Caso você deseje numerais mais grossos basta redimencionar o agora objeto branco para 3 linhas e 3 colunas dentro dos limites da grade como fiz abaixo:

Agora começa a parte realmente “complicada”, crie um novo retangulo de cor gritante e com opacidade em torno de 50% de cantos não arredondados semelhante ao visto na imagem abaixo:

Agora rotacione o retangulo de maneira que o mesmo se encaixe no canto da extremidade esquerda do retangulo maior *(no caso do exemplo o cinza).

Aqui temos o encaixe sendo ajustado

A partir deste ponto a grade já não é mais necessária, podendo a mesma ser desativada precionando as teclas “shift” e “+” do seu teclado simultaneamente.

Com o encaixe primário executado, duplique o retângulo recém criado duas vezes e forme um “X” com estes novos, depois encaixe-os no retangulo cinza na mesma posição vista na imagem abaixo. Feito isso, duplique novamente o retângulo verde que foi encaixado primeiro e arraste-o para baixo mantendo precionada a tecla “Ctrl” a fim de que se mantenha uma linha reta e precisa durante a decida até o encaixe na extremidade de baixo:

Agora selecione todos os objetos que acabamos de criar *(no caso do exemplo os retângulos recém encaixados da cor verde) e inverta a sua orientação perante a imagem, encaixando os nas mesmas posições que os anteriores de maneira simétrica, após isto, selecione os retângulos que formam “X” *(um par por vez) e aplique “União”, isso facilitará a nossa vida pois teremos que lidar com menos objetos:

Agora façamos um pequeno ajuste de posição na segunda metade do encaixe dos retângulos verdes duplicados, posicione-os da mesma maneira que é vista na imagem abaixo para que os números não fiquem com sobras ou quebras repentinas:

Agora suba a opacidade dos retangulos verdes para 100% e aplique novamente o procedimento da ação denominada “Diferença” para com os retangulos verdes :

Feito isso, selecione agora todo o trabalho e aplique “Separar”:

Pronto! O procedimento anterior fez com que o nosso trabalho se fragmentasse em diversos objetos simples , então selecione os dois pequenos triângulos vistos no meio das laterais e pinte-os de branco:

Agora para formar os numerais basta que se pinte de branco ou que se deixe sem cor as barras necessárias , vamos dar um exemplo prático:

Suponhamos que eu deseje criar o número “3” a partir do objeto que criamos:

Basta selecionar as duas barras que teoricamente o impedem se der formado, é como aqueles cartazes de preço dos botequins da vida que o dono apenas pinta com uma caneta as partes necessárias para formar um determinado preço, mas de forma inverta porque ao invés de pintar estamos subtraindo cor =] :

A imagem abaixo ilustra as barras já selecionadas

E aqui temos o número já formado após tornar as barras sem cor =]:

Agora que já nos aquecemos, vamos criar um relógio para os nossos números =]:

O primeiro passo é construirmos a parte mais básica do relógio que é o seu mostrador digital, para isto, duplique o objeto que criamos mais duas vezes e arraste-os com a tecla “Ctrl” pressionada a fim de termos 3 dígitos possíveis. As imagens abaixo ilustram esse processo:

Aqui temos o objeto simples já duplicado duas vezes através do atalho “Ctrl” + “D”

Agora basta arrastar os novos objetos conforme solicitado de maneira que o espaçamento seja maior para o primeiro e uniforme para os dois últimos como visto abaixo:

Agora é hora de criamos o tradicional par de esferas que fica entre o primeiro e os dois últimos números, para isto crie uma esfera e encaixe-a entre o final das duas barras paralelas, depois duplique-a e encaixe a segunda da mesma forma mas na parte inferior como mostra a imagem abaixo:

Feito isso, é hora de decidirmos os números que irão compor o horário que será mostrado no nosso relógio, como já expliquei o procedimento vou colocar aqui apenas a imagem dos que eu escolhi:

Feito isso agora vamos criar o corpo do nosso relógio, comece pensando então em como você gostaria que ele fosse e que formáto ele deveria assumir. Feita a imagem mental do mesmo, comecemos executando o painel:

Primeiro crie um novo retângulo na cor que você deseje que o painel assuma em seu contorno e que seja proporcional ao tamanho dos numerais desejados:

Agora duplique o retângulo e transforme o objeto em caminho:

Depois aperte as teclar “Ctrl” e “J” simultaneamente a fim de que o caminho se converta a um único nó vetorial, e depois precionando a tecla “Ctrl” aumente um pouco o retângulo. Para ver melhor o resultado reduza um pouco a sua opacidade temporáriamente:

Pronto! Já temos a borda do nosso painel =] .Para finalizar, restaure a opacidade da mesma e jogue o objeto para trás:

Agora vamos colocar o nosso horário dentro do painel da seguinte maneira:

Selecione todos os objetos que fazem parte deste desenho, escolha uma cor vibrante e mova-os para dentro do painel, não se esqueça de levantar a seleção para o topo do projeto, procedimento inverso ao que executamos com o retângulo cinza criado para ser a borda do nosso relógio exemplo:

Agora duplique o desenho do horário a fim de que os pontos com menos cor se tornem visíveis:

Feito isso, selecione agora apenas os objetos que estão mais “vivos” isto porque irémos desfocar um pouco os números para dar uma aparência um pouco mais realista ao nosso trabalho, para tanto basta acessar a interface de preenchimento e adicionar a barra de valoração de desfocagem um valor entre 4,00 e 6,00:

Agora duplique o retângulo cinza:

Feito isso, preencha o novo retângulo criado com a cor branca e aplique sobre o mesmo degradê linear, com a seguinte orientação: De baixo para cima:

Feito isso, abaixe a seleção até que o objeto no qual estamos trabalhando fique atrás dos números formando o efeito metalizado contrastando com o retangulo cinza abaixo dele:

Agora vamos criar um reflexo de vidro para finalizar o exemplo do dia =]:

Duplique o retangulo preto onde estão os numeros e crie um objeto com curvas suaves que invadam o espaço onde se encontram os numerais do nosso relógio:

Para facilitar o nosso trabalho, mova o novo retangulo para fora da area do nosso trabalho:

Feito isso, selecione ambos os objetos e aplique Interseção sobre os dois objetos:

Este é o resultado desta ação:

Agora pinte este novo objeto de branco posicionando o mesmo sobre o nosso relógio, ainda sobre o mesmo, aplique novamente o atalho “Ctrl + J” a fim de que possamos mudar a proporção do mesmo através de um nó único.

Feito isso, com a tecla “Ctrl” pressionada, ajuste o novo objeto de maneira que um traço fino negro se forme entre o objeto e o relógio:

Agora aplique sobre o mesmo degradê Linear no sentido de cima para baixo. Reduza também um pouco a opacidade para uma melhor adequação:

Para criar uma leve sombra na parte inferior do relógio, basta criar uma esfera achatada na parte de baixo do desenho e desfoca-la com generosidade :

Pronto!

Eis o exemplo do dia concluído !=]

É isso ai, vejo vocês no nosso próximo assunto!

7 Respostas to “Olhei pro meu Despertador e pensei…”

  1. Realmente interessante, mas será que teriamos possibilidade de colocar algum tom de devel ae para que os numeros mudassem sozinhos? Acho que no inkscape tenha algo do tipo!

  2. Parabéns… ficou muito bom!!

  3. RazGriz, foi uma das coisas mais legais que vi vc fazedo. Meus parabêns😉

  4. Simplesmente adorei!!!!🙂

  5. opa! muito bom! prometo que vou tentar fazer, mas vou querer ver esse como exercício no curso aqui no CCA de são José hein!!! abraços!!

  6. Mário RPG Says:

    Muito bom, massa pra caralho.

  7. Nuito legal, gostei pra caramba, tenho q fazer isso em ksa =D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: