I can touch the Quazar

Caros,

o assunto do dia é um presente para quem gosta de alterações estruturais aquosas que fazem a imagem fluir através da tela alterando em vezes até o DNA do conceito original do trabalho. O  curioso é que para isso basta um único filtro, vamos lá? =]

A gente começa escolhendo uma imagem do nosso acervo=]:

can1

Agora vamos direto ao grande responsável pelo efeito “fluido” que será atribuído a nossa imagem, ele se chama “Distorção de Lente” e o caminho até o mesmo pode ser visto abaixo:

can2

Não existe momento mais oportuno do que agora para falarmos um pouquinho sobre os recursos do filtro e suas respectivas serventias:

Principal:

Este recurso tem a sua serventia em determinar a proporção da imagem e a magnitude com que a mesma  será afetada pelo efeito.

Bordas:

Este recurso tem a sua serventia em determinar a proporção com que as bordas da imagem serão afetadas e em que angulação.

Zoom:

Este recurso tem a sua serventia em determinar a proporção de Zoom que será aplicada na imagem, o curioso é que o detalhismo não se perde com o emprego moderado deste recurso=].

Clarear:

Este recurso tem a serventia em determinar o ganho ou perda estrutural luminosa que a imagem terá em seu estado pós filtro.

Desvio X/Y:

Estes recursos determinam o padrão distorcivo a ser aplicado, ou seja a direção na qual o espectro aquoso da imagem póst-filterm irá correr.

can3

Quando ficar satisfeito, deixeo filtro trabalhar. No caso do exemplo do dia eis o que temos =]:

can4

Agora para quem quiser ir além…=] Vamos complementar o conceito do trabalho com outra imagem da seguinte forma:

Escolha uma imagem com bordas claras e fundo negro aplicando o filtro sobre a mesma utilizando os mesmos parâmetros da primeira aplicação:

can5

Agora fica facil, cole a nova imagem sobre a original , aplicando o efeito de camada denominado “Multiplicar” ainda enquanto a mesma é apenas seleção flutuante e fazendo uso da ferramenta “Borracha” em conjunto com um pincel de bordas desfocadas, apague tudo oque for desnecessário.

can6

Agora basta transformar a seleção flutuante em nova camada :

can7

E pronto! Terminamos =]

can8

Dito isso meus caros aprendizes, vejo vocês no nosso próximo assunto! =]

About these ads

3 Respostas para “I can touch the Quazar”

  1. [...] https://razgrizbox.wordpress.com/2009/07/15/i-can-touch-the-quazar/ No mesmo explico como funciona o filtro denominado “Distorção de Lente” que é o grande responsável pelo nosso “pulo do gato” do dia. [...]

  2. “Professor, professor… hhehhee”
    Curti o exemplo caro. Agora me diga: Onde encontro imagens tão boas para esses trabalhos? Procurando no google não é tão fácil e você sempre aparece com imagens muito legais.
    Parabéns mais uma vez pelo tutorial.
    Abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: