The Lighten Spirals

em

Caros.

O assunto do dia, remete novamente as espirais volumétricas, desta vez iremos analisar o processo de mesclagem por imersão volumétrica de maneira que se possa criar novos padrões uniformes ou não apenas fazendo uso da alternância dos efeitos de camada:

Para dar “um toque de sal”, comecemos escolhendo uma imagem para servir de plano de fundo para o nosso exemplo do dia:

lightenex1

Muito bem, crie uma nova camada transparente e acesse a lista portadora do seu acervo de degradês, na mesma selecione um padrão que apresente quebra de cor e tonalidade contínua nas partes pós divisão, a imagem abaixo já traz um padrão que atende as diretrizes citadas aqui:

lightenex2

Feito isso, na interface de controle de degradês presente na aba ou janela denominada “opções de ferramentas” selecione o padrão de aplicação denominado espiral com orientação á gosto. Note que o padrão de aplicação terá influência direta sobre o formado que o trabalho irá possuir, note que ao término deste exercício você estará apto a fazer uso de qualquer outra forma de aplicação que lhe agrade:

lightenex3

Muito bem, agora aplique o degradê  com arrasto curto, de maneira que o padrão possa ser repetido algumas vezes:

lightenex4

lightenex5

Agora vem o “pulo do gato”: Aplique sobre a camada portadora do degradê o efeito de camada denominado “Extrair grãoa” =]:

lightenex6

Agora duplique essa mesma camada algumas vezes =]:

Repare como já temos volume =]: Agora repare no padrão volumétrico criado, note que o mesmo é liso e uniforme, vamos agora alterar o seu curso:

lightenex7

Muito bem, crie uma nova camada transparente:

lightenex8

Agora aplique o mesmo padrão degradê, mas desta vez utilize raio de aplicação longo:

lightenex9

Eis aqui:

lightenex10

Agora aplique o efeito de camada denominado “Extrair grãos” sobre a mesma

lightenex11

E por fim duplique-a algumas vezes =]

lightenex12

Agora caso deseje você ainda pode acrescentar uma pequena composição com pincéis de conceito compatível em camada transparente=]:

lightenex13

Eis aqui o nosso exemplo finalizado=]:

lightenex14

E aqui o mesmo exemplo com padrão de aplicação secundário alterado =]

lightenex15

Então hoje meus caros, nós vimos o processo de mesclagem de degradês volumétricos de modo que um padrão único pudesse ser criado =]. Dito isso, vejo vocês no nosso próximo assunto!

5 comentários Adicione o seu

  1. Leonardo disse:

    Seu Blog é 10.

  2. Júlio Neto disse:

    Gostei!

  3. veronica disse:

    como chama esse photoshop?

  4. Daniel disse:

    Pow por favor preciso saber Qual Photoshop !!!!
    por favor preciso mesmo

    1. phenonart disse:

      Olá este é o GIMP e não o Photoshop. http://www.ogimp.com.brhttp://www.gimp.org .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s