Arquivo para novembro, 2010

Como Ilustrar sem Apanhar

Posted in Computação Gráfica Livre, Dirty job, gimp, Gimp Documentação, Gimp tutoriais, gimp tutorial, razgriz, Tutoriais, tutorial with tags , , , , , , , on novembro 28, 2010 by phenonart

Caros,

Sei muito bem que ando sumido mas nem tanto, é bem verdade que a migração da Comunidade Brasileira do Gimp e o Cria Livre demandam muito da minha atenção, mas não pensem que me esqueci de vocês, prova disso é o nosso assunto do dia, hoje nós vamos aprender a transformar uma imagem em uma ilustração espontânea e realista, semelhante aos croquis feitos por artistas urbanos no meio das cidades =].

Dito isso, comecemos abrindo  uma imagem presente em nosso acervo =] , lembrando que você é livre para optar pelo arquivo que você desejar , isso serve também para o campo da pré-edição, afinal….é claro que o carro não era assim -:

Escolhida a imagem, vamos a suite de plugins G’MIC que contém mais de 415 plug-ins para fazer a nossa alegria, efetue o download e coloque o arquivo dentro da pasta de plugins do Gimp:

Feito isso, vamos até a mesma, o caminho na grande maioria dos casos se assemelha ao visto abaixo:

Uma vez aberta a suite, vamos até o Plugin denominado B&W Sketch cuja função é cobrir os traços da imagem com linhas tracejadas, Seus muitos parâmetros permitem diversos estilos de traço e nível de coerência. Como as possibilidades de ajuste são praticamente infinitas, veremos um ajuste simplório que executa um traço mais consistente e próximo e assemelhado ao esboçado em cadernos, para tal, mantenha o parâmetro denominado “Coerência” com valoração entre 0,70 e 1,25 para que os traços sigam relativamente a orientação espacial da imagem, o campo denominado “Stroke length” determina o tamanho dos traços a serem criados, portanto utilize uma valoração entre 330 e 500 para obter um traço não tão forte mas relativamente preciso. Quanto ao parâmetro denominado “Opacidade” procure deixa-lo com valoração abaixo de 0,5 para que os traços não fiquem densos demais.

Quando ficar satisfeito, deixe o filtro executar o seu trabalho =] . Repare como temos um traço extremamente detalhado da imagem que chega a ser um pouco poluído em certos casos, mas é exatamente o que queremos por agora.

Hora de fundir o traço a imagem =]

Aplique sobre a camada portadora do mesmo o efeito de camada denominado “Sobrepor” e reduza sua opacidade para cerca de 30% , isto fará com que o traço fique com uma aparẽncia mais natural perante o trabalho.

Para complementar a sensação do traço vamos acrescentar um pouco de luz, para tal duplique a camada portadora do mesmo e aplique o efeito de camada denominado “Extrair Grãos”, esta ação irá literalmente lançar as ranhuras dos traços para fora =]

Agora vamos complementar o nosso trabalho criando uma pequena composição com pincéis de conceito compatível por cima, no caso escolhi alguns grafites para combinar com o ambiente =]. Para que ela se funda ao trabalho basta aplicar o efeito de camada “Sobrepor” sobre a camada portadora da composição =]

E assim ficou o nosso exemplo do dia, uma imagem ilustrada sem esforço algum!

Dito isso meus caros aprendizes, vejo vocês no nosso próximo assunto!

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: