Gardenialis-Contrastilius

Caros,

O assunto do dia requer atenção apesar de sua complexidade não ser das maiores, hoje vamos trabalhas com auto contraste em volumes estruturais de cor.

Vamos começar com um pequeno exercício simples baseado no cruzamento de composições com pincéis, para tal abra uma nova imagem com tamanho sugerido entre 800×800 ou superior com fundo branco. Uma vez criada a imagem crie sobre a mesma uma nova camada transparente e execute uma composição com pincéis de conceito que lhe agrade utilizando somente a cor preta:

primenaturals1

Agora vamos aproveitar e adicionar um pouco de sombra e movimento replicando a imagem com antênuantes, para isto basta utilizarmos a ferramenta denominada “Tornar Encaixável”. No quesito usabilidade ela é uma das dominantes pois não requer ajustes bastando clicar sobre a mesma para que ela execute a tarefa proposta:

primenaturals2

Este é o resultado do trabalho da ferramenta sobre a nossa composição:

primenaturals3

Terminada a composição vamos adicionar um padrão degradê azulado com pausas a fim de criarmos auto-contraste :

Para este procedimento basta ativarmos a ferramenta de degradê tão já por nós conhecida e criar um degradê azulado com pausas ou mesmo selecionar algum que atenda a estes requisitos na lista de seleção e depois aplica-lo em forma espiralada com padrão de repetição a gosto:

primenaturals4

Agora aplique sobre a camada portadora do degradê o efeito de camada denominado “Diferença”:

primenaturals5

Feito isso é hora do nosso primeiro BIZU: Crie uma nova imagem ou camada transparente sobre o nosso trabalho e crie um padrão fratiliano de linhas paralelas como um código de barras, para essa tarefa utilizaremos o nosso já velho conhecido filtro “Explorador de Fractais” :

primenaturals6

Abaixo temos um ajuste parâmetral que atende as especificações ditadas acima, é importantíssimo atentar ao fato de que o padrão de cores do fractal deve ser o mesmo utilizado na aplicação do degradê:

primenaturals7

Eis o resultado da ação do filtro:

primenaturals8

Agora cole o resultado do fractal em forma de nova camada e mova-a para uma posição abaixo da camada portadora do degradê, feito isso aplique ainda sobre ela o efeito de camada denominado subtrair:

primenaturals9

Agora crie uma nova camada transparente e escolha um novo degradê com quebras diversas mas com tonalidade de livre escolha, feito isso, aplique-o com um raio pequeno para que haja replicação:

primenaturals10

Eis o que temos:

primenaturals11

Agora torne invisível a camada onde se aplicou o novo degradê e combine as demais visíveis, feito isso selecione a camada resultante da unificação e vamos uniformizar a sua estrutura coloral através do filtro denominado “Mapeamento Alien”.

primenaturals12

OUTRO BIZU: sempre que você utiliza um filtro e precisa utiliza-lo outra vez utilize o atalho direto no menu de filtrosao invés de refazer o caminho até o mesmo

primenaturals13waytofilter

Uma vez com o filtro carregado crie um padrão coloral uniforme a seu gosto:

primenaturals13

Eis o resultado do padrão criado para o exemplo. Depois aplique o mesmo filtro sem alterar nenhum parâmetro sobre a camada onde criamos o nosso degradê mais recénte, sem esquecer de torna-la visível primeiro é claro.

primenaturals14

Após repetir a ação do filtro na camada onde está o degradê mais recente aplique sobre esta o efeito de camada denominado “Luz Dura”:

primenaturals15

Agora volte as suas atenções para a camada abaixo do degradê, duplique-a e sobre a nova camada resultante desta ação, aplique espelhamento horizontal e em seguida o efeito de camada denominado “Diferença”:

primenaturals16

Agora crie uma nova camada transparente e sobre ela aplique uma grade uniforme, as imagens abaixo ilustram esse processo:

primenaturals17

Acredito que pela sua simplicidade a interface deste recurso se auto explica:

primenaturals18

Agora aplique o efeito de camada denominado “Sobrepor” para que a grade possa se auto incorporar ao trabalho:

primenaturals19

Eis o que temos:

primenaturals20

Poderiamos sim parar por aqui, mas vamos elevar o nível das coisas um pouquinho =]. Para tanto vamos criar um padrão de curvas fazendo uso do filtro renderizador denominado “Seno”. Como a natureza deste documento não é falar abertamente sobre apenas um recurso vou falar mais detalhadamente sobre ele em outra oportunidade.

Antes de ativar o filtro cujo caminho pode ser visto abaixo crie uma nova camada transparente:

primenaturals21

Sua interface é relativamente simples e auto-explicativa mas vamos falar sobre os seus recursos básicos de configuração e ajuste:

Configurações do Desenho:

Este conjunto de ajustes determina o formato final do produto da ação do filtro

Escala X: Altera o formado horizontal do espectro

Escala Y: Altera o formado vertical do espectro

Complexidade: determina o grau de elaboração do espectro

Configurações de Cálculo:

Este conjunto de ajustes determina qual será a base do cálculo do espectro a ser gerado.

Semente aleatória: Neste campo é possível determinar aleatóriamente qual será a base da fórmula do cálculo.

Nova Semente: Ao clicar sobre este ítem uma nova semente é gerada automáticamente.

Randomizar: Uma vez marcado gerará um espectro aleatório totalmente diferente do anterior.

Forçar para ser Ladrilhável?: Uma vez ativado forçará o espectro a se tornar encaixável

Ideal: Se ativado fará com que o espectro se torne o mais reto quanto possível sem deformações

Deformado: Se ativado fará com que o espectro se torne o mais curvo e sinuoso quanto possível.

BIZU: Na aba cores ordene que o filtro utilize branco e preto como cores de frente e fundo para que você possa obter resultado semelhante ao espectro gerado para o exemplo do dia.

primenaturals22

Agora aplique sobre a camada do espectro o efeito de camada denominado “Diferença”:

primenaturals23

Agora para finalizar bonito veja o que acontece se utilizarmos novamente o nosso já conhecido Mapeamento Alien sobre o nosso trabalho com as camadas visíveis combinadas:

primenaturalslefinitz

Para fechar o assunto vamos a dus questões de prova para os meus queridos alunos :

01 : Crie um trabalho de conceito livre utilizando o mesmo padrão da imagem abaixo:

challengerssenoidecus

02: Quantos espectros senoides foram gerados para se obter o padrão abaixo?

A) 01

B) 02

C) 04

D) Nenhum

Justifique sua resposta.

challengerhazardous

É isso ai, vejo vocês no nosso próximo assunto! =]

4 Respostas to “Gardenialis-Contrastilius”

  1. que programa é esse para que eu possa baixar ???

  2. Oi qual e o programa que você usa?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: