Arquivo para CCA-BR

Make a right corner

Posted in computação gráfica, Computação Gráfica Livre, Dirty job, gimp, Gimp Documentação, Gimp tutoriais, gimp tutorial, Linux, O GIMP, razgriz, Sotware Livre Rio de Janeiro, Tutoriais, tutorial with tags , , , , , , , , , , on setembro 4, 2009 by phenonart

Caros,

o assunto do dia remete a mais um “pedido” de um aluno, referente a aplicar movimento a uma imagem de conceito estático através do emprego do efeito “borrão” muito comum em fotografias urbanas com movimento, sua utilidade mór é distorcer objetos e dar sensação de velocidade aos mesmos.

Comecemos escolhendo a imagem do dia:

Escolhida a imagem vamos começar aplicando de imediato a tão solicitada “sensação de movimento” da seguinte maneira:

Tal processo se dá por estágios, começamos primeiro analisando a imagem visando mapear os setores que necessitam de ação seletiva, no caso de imagens envolvendo automóveis podemos dizer que as rodas merecem prioridade 1. Dito isso, primeiro duplique a camada base, em seguida fazendo uso da ferramenta de seleção elíptica selecione a área que necessita da ação seletiva :

rightone1

Pulo do gato: Agora observe o angulo de ataque da roda e mova o cursor do mouse até a mesma, anotando em seguida seu posicionamento em pixel s*(no caso do exemplo do dia: 626 x 810 pixel s) tal informação consta na interface portadora da imagem em seu canto inferior esquerdo:

rightone2

De posse disto vamos ao filtro responsável pela mágica do dia, ele se denomina “Borrão de Movimento” e o caminho até o mesmo pode ser visto abaixo:

rightoneantesdo3

Aberto o filtro vamos agora avaliar que tipo de movimento precisamos simular, tomando como exemplo para ação seletiva a roda, é virtualmente inegável que o parâmetro radial se mostra ideal, depois basta inserir as coordenadas que anotamos anteriormente para que o movimento se desencadeie próxima ao centro das coordenadas fornecidas, no caso do parâmetro “Y” eventuais correções podem vir a ser necessárias dependendo do angulo de ataque do fragmento. Para finalizar o ajuste, escolha um ângulo de ataque de baixa valoração para deixar o fragmento apenas com a sensação da velocidade desejada:

rightone3

Quando estiver satisfeito autorize o filtro a trabalhar:

Eis aqui : É absolutamente normal que alguns trechos sejam afetados pela ação do filtro em demasia, para corrigir o problema basta fazer uso cauteloso da ferramenta “borracha” presente na caixa de ferramentas principal do Gimp. As imagens abaixo ilustram este processo:

rightone4

rightone5

rightone6

Após apagar todas as discrepâncias e desfazer a seleção nós ficamos assim =]:

Note como a roda apresenta a sensação de movimento desejada:

rightone7

O processo para fazer o mesmo com a outra roda é similar, porém dependendo do posicionamento e ângulo de ataque da mesma a abordagem e abrangência da seleção podem mudar já que a ferramenta de seleção tem a sua forma geométrica base alterada para melhor encaixar no fragmento pretendido:

rightone8

Uma vez aberto novamente pequenas correções nos parâmetros são ecessenciais já que o ângulo de ataque nem sempre colabora na obtenção do ponto de referência:

Repare como os parâmetros são próximos mas não os exatos “134×806” obtidos em x e y na interface portadora da imagem:

rightone9

E não se esqueça de fazer uso da “borracha” para corrigir as discrepâncias!

rightone10

Agora que já fizemos o movimento seletivo, vamos ao grosso da imagem, no caso a sensação de velocidade virá através de riscos lineares a serem criados pelo filtro. Para tanto duplique a camada base da imagem e mova-a para o topo da hierarquia das camadas arrastando a mesma para cima na interface de controle de camadas:

rightone11

Aberto o filtro, mude o parâmetro de orientação de aplicação para Linear e configure um angulo de ataque que seja compatível com a direção na qual o veiculo ou objeto está “se movendo”, o comprimento é a seu gosto:

rightone13

Eis oque temos após o filtro trabalhar:

rightone14

Para fundir a nova camada ao trabalho de maneira que a sensação de movimento faça o seu papel basta aplicar sobre esta camada o efeito de camada denominado “Luz Dura”” -=]:

rightone15

Caso deseje amplificar o efeito basta duplicar a camada do mesmo =]:

rightone16

Para quem preferir ampliar o leque de possibilidades :

Troque o efeito de camada destas camadas pelo efeito denominado “Super-Exposição”:

rightonepre17

Repare que o efeito subtrativo de grande abrangência alterou de forma sutil mas marcante a estrutura luminosa do trabalho de maneira que uma grande area negra se formou na parte inferior do automóvel, isso nos deixa espaço para embarcar uma pequena composição abstrata dentro do trabalho =]:

rightone17

Eis aqui:

rightone18

E assim ficou o nosso exemplo do dia =] :

rightone19

Então meus caros, hoje nós aprendemos a arte de aplicar movimento a objetos estáticos através do uso do efeito “borrão” =].

Dito isso, vejo vocês no nosso próximo assunto!

Anúncios

Aos amigos da FAB.

Posted in Gimp Documentação with tags , , , , , , on dezembro 2, 2008 by phenonart

Caros,

antes de entrarmos em nosso próximo assunto eu gostaria de tecer alguns comentários sobre o primeiro forum de Software Livre do COMAER. Não pude assistir ao evento de todo pois ministrei um mini curso durante o segundo dia por inteiro mas acredito que este pequeno relato possa preencher a curiosidade dos demais. Aproveito a oportunidade também para agradecer mais uma vez a todo o efetivo do CCA-BR pelo carinho e apreço com os quais fui recebido desde a primeira vez que estive em suas dependências no no dia 9 de setembro de 2008. Confesso a vocês meus amigos que eu não esperava uma recepção tão boa dos militares mas isso só me motivou ainda mais lá dentro criando um ambiente super bacana entre professor, alunos e os membros do efetivo que não realizaram a atividade mas que contribuiram muito para o seu perfeito desenvolvimento. Agora sem mais demoras vamos ao relato do que eu pude assistir com as minhas impressões:

Gostaria de começar dizendo o quão impressionado com o empenho garra e competência demonstrados por todo o efetivo do CCA-BR na realização deste evento onde a atenção e o cuidado para com os detalhes foram levados a níveis bem acima das expectativas dos convidados e palestrantes, vale ressaltar que em meus anos de experiência em fomentação da computação gráfica livre raríssimas foram as vezes as quais vi disciplina e vontade caminhando harmoniosamente lado a lado sempre buscando fazer o melhor não para si mas sim para todos os presentes abrangendo assim o verdadeiro espirito do processo colaborativo que pulsou forte em todas as palestras e mini cursos do evento. Agora gostaria de pedir permissão para comentar alguns momentos que presenciei neste evento dos quais merecem destaque:

A cerimônia de abertura foi uma orquestra de perfeita sincronia entre os participantes da mesa e o espirito do evento culminando no plantio da semente da colaboração mutua e troca de conhecimentos um dos principais objetivos do evento.

A palestra sobre a migração do CINDACTA IV foi uma das melhores, não técnica mas com mensagem extremamente clara ela reafirmou o compromisso que assumimos com o faça além de mandar fazer. Uma pena não ter conseguido assistir a mesma por inteiro

A palestra do presidente do Serpro e a do sr Corinto Meffe foram excepcionais também. Conheço o sr Corinto desde 2007 e espero sinceramente que este mantenha o bom trabalho.

Julio Neves como sempre animando a noite pré e pós evento vou sentir saudades dele nas férias mas espero poder finalmente aprender um pouco de shell direito com ele quando puder.
Ter tido o prazer de conhecer o Major Lamelas do Exército e na sala dos palestrantes ter tido a oportunidade de mostrar a ele o quanto é possível fazer com a computação gráfica livre em poucos minutos. Isso reforça ainda mais o fato de que a computação gráfica livre está pronta para qualquer desafio bastando que a mesma seja respeitada e fomentada adequadamente.

Ressaltar o quão orgulhoso eu fiquei da comunicação visual elaborada para o evento sem mencionar os kits brinde sem igual, nunca tinha visto algo parecido em eventos de software livre, isso me fez ficar realmente muito feliz ainda mais em saber que a atividade que realizamos no mesmo tenha dado frutos tão prósperos.

Gostaria muito de ter assistido a palestra do Major Bernardo porém esta batia com o horário da atividade em que eu estava ministrando, mas fiquei feliz ela citação da atividade que foi realizada no CCA-BR a cerca de 1 mês e meio atrás.

Para finalizar eu gostaria de agradecer de coração a cada membro do CCA-BR pelo apreço, consideração para comigo desde o primeiro dia em que estive na unidade lecionando durante o curso regular realizado e durante o mini curso no evento, sem vocês nada disso teria sido possível. Aos meus ex alunos do curso ministrado no CCA-BR ficam os meus sinceros agradecimentos pela paciência dispensada a este civil relativamente indisciplinado e de fala arrogante mas acreditem isso tem um propósito que é mostrar que o sucesso e a vitória só vem com muita disciplina, determinação e competência. e Estes requisitos os senhores tem de sobra.
Espero reve-los algum dia em breve.  Nunca me esquecerei dos ótimos momentos que passamos juntos.

Sem mais Cerrilhados*(eles vão entender e quem sabe um deles se habilita a explicar depois hehe)

RazGriz.

Sumido? Sim. PARADO não!=]

Posted in computação gráfica, Computação Gráfica Livre, Fedora, gimp, Gimp Documentação, Linux, razgriz, software livre with tags , , , , , , , , , on setembro 22, 2008 by phenonart

Caros aprendizes,

este post é apenas para me desculpar pelo aparente sumiço, creio que não existe justificativa maior do que o conteúdo da imagem abaixo:

Agora eu gostaria de agradecer de todo coração a todos os meus alunos e ex alunos inclusive os da FAB, pois são vocês que fazem o software livre ser o que ele é hoje.

Para encerrar, gostaria de dizer que nesta semana retomaremos as nossas atividades normais além de informar que o forum de software livre do COMAER*(Comando da Aeronáutica) acontecerá entre os dias 25 e 26 de novembro, assim que tiver mais detalhes e o website posto aqui.

Forte abraço e muito obrigado a todos!

P.s: Para a equipe de alunos denominada “Os Processos”: O conceito violentamente violento pelo progenitor concebedor nada mais é do que uma obra criativa do criador =] *(acho que vcs entenderam dessa vez hehe)

%d blogueiros gostam disto: