A “Elisa” dobra. (Extrusão Angular.)

Caros,

Como bem sabem, estou de volta a Luanda fazendo o que mais gosto e sei que é compartilhar e receber conhecimento. Infelizmente o link de internet não anda colaborando então temos um “bom problema”, muitos artigos para revisar e postar! Hoje nós vamos explanar sobre um assunto que foi muito pedido por vocês que é a extrusão angular, vamos lá ?

Captura de tela de 2019-06-13 02-05-13.png

Esta técnica é perfeita para criar efeitos de extrusão curvada em vetores como este que nos serve de exemplo do dia:

Captura de tela de 2019-06-12 22-59-56Comecemos ajustando a origem do centro do nosso vetor para por fim transformá-lo em uma malha 3d : Captura de tela de 2019-06-12 23-00-11Feito isso, vamos convertê-lo em malha, isso é necessário para que possamos extrusar a malha sem depender das aletas de controle vetoriais dando mais velocidade ao processo mesmo que isto custe um pouco mais de processamento e memória. Captura de tela de 2019-06-12 23-00-21Chegou o momento de extrusarmos a malha, comecemos trocando para o modo de edição do objeto, feito isso, selecione a mesma por inteiro e alterne para o modo de seleção por faces. Captura de tela de 2019-06-12 23-00-42Muito bem, agora, precione a tecla “E”  e  arraste o mouse para cima até criar um certo volume na vertical precionando a tecla “Enter”  quando estiver satisfeito: Captura de tela de 2019-06-12 23-56-36Em seguida vamos ativar o atalho para rotação da seleção travando o movimento no eixo “X” , para tal pressione primeiro a tecla “R” e logo em seguida a tecla “X” arrastando o mouse para baixo afim de provocar o afundamento da extremidade desejada. Quanto satisfeito basta pressionar a tecla “Enter” :Captura de tela de 2019-06-12 23-57-04Visto isso, vamos repetir o processo afim de obter a curvatura desejada =] : Captura de tela de 2019-06-13 00-23-01Reparem que quanto maior for o raio da abertura menor será o angulo da curva ! Captura de tela de 2019-06-12 23-59-43Como podemos observar, intervalos menores proporcionam uma curvatura mais suave =]Captura de tela de 2019-06-13 00-23-45Captura de tela de 2019-06-13 00-31-25Vista a simplicidade desta técnica, vamos agora experimentar intercalar a mesma técnica, porém travando os demais eixos em sentidos opostos! Captura de tela de 2019-06-13 00-45-12Captura de tela de 2019-06-13 00-45-21Captura de tela de 2019-06-13 00-46-32Com esta técnica podemos repetir o processo quantas vezes forem necessárias sem grandes prejuízos ao consumo de RAM gerando assim oportunidade para suavizarmos ainda mais o nosso projeto utilizando a subdivisão de superfície =]. Captura de tela de 2019-06-13 00-47-06Note que para tal, basta subdividir um pouco mais as faces do projeto no modo de edição da malha 3d, isto para evitar que a malha se contraia em demasia distorcendo o modelo. É importante salientar também que a limpeza da malha é vital para que estas se geradas a partir de vetores não apresentem as famosas “quebras paralelas” que tornam o modelo gerado imperfeito, isso se faz selecionando todas as faces do modelo ainda não extrusado e aplicando a dissolução limitada*( Mesh – Limited Dissolve) ao projeto.Captura de tela de 2019-06-13 00-47-19Captura de tela de 2019-06-13 01-09-42Captura de tela de 2019-06-13 01-12-16Captura de tela de 2019-06-13 01-12-51Agora que já temos o nosso modelo vamos gerar o Stl e prepará-lo para impressão 3d =]Captura de tela de 2019-06-13 01-12-57A preparação de um arquivo com tais características não é de fato complicada, porém requer atenção, vamos começar determinando o tamanho da peça, sim, isto poderia ter sido feito no Blender também, porém, eu particularmente prefiro fazer isto no Cura quando o projeto se resume a uma peça de arte como o nosso exemplo do dia =]Captura de tela de 2019-06-13 02-01-06Captura de tela de 2019-06-13 02-01-20Feito isso, note que temos liberdade para determinar a altura das camadas ao nosso gosto, eu particularmente prefiro que as linhas fiquem aparentes então 0.2 mm é um bom parâmetro. Captura de tela de 2019-06-13 02-01-42Para economizar material podemos fazer uso do modo de superfície de maneira que a peça seja fabricada seguindo exatamente o contorno da malha 3d sem preenchimento interno algum. Não se esqueça de ativar o “modo vaso! *(spiralize outer contour) para que a peça não fique com marcas de início e fim do sentido de impressão. Captura de tela de 2019-06-13 02-02-06Captura de tela de 2019-06-13 02-02-36Peças em modo de superfície não possuem preenchimento na parte inferior, para criar uma base, vamos utilizar Raft como metodologia de adesão, uma margem extra curta de 3 mm costuma ser o suficiente para excelentes resultados!

Captura de tela de 2019-06-13 02-02-59

Captura de tela de 2019-06-13 02-03-09Não deixe de conferir para ver se o modelo gerado está como deveria =] Captura de tela de 2019-06-13 02-03-36Captura de tela de 2019-06-13 02-03-48Captura de tela de 2019-06-13 02-05-13Captura de tela de 2019-06-13 02-05-20Caso prefira um acabamento mais liso, não se esqueça de diminuir a altura entre as camadas, segue um exemplo prático, a 0.150 mm temos linhas bem mais finas do que a 0.2 mm =] Captura de tela de 2019-06-13 02-06-15Agora, basta salvar e enviar para a sua impressora 3d! Dito isso meus caros aprendizes, vejo vocês no nosso próximo assunto! Captura de tela de 2019-06-13 02-05-13

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s